Procura leitura para o seu fim de semana?

Siga os links e fique a saber o que os(as) Fulbrighters escreveram ou disseram ao longo dos últimos dias:

Salwa El-Shawan Castelo-Branco, visiting scholar researcher em Columbia University, EUA, e Professora Catedrática de Etnomusicologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, recebeu o título de Professora Emérita da Universidade Nova de Lisboa. Um título que «é atribuído, de modo excecional, a professores catedráticos, aposentados, reformados ou jubilados cuja contribuição para a atividade da sua unidade orgânica seja reconhecida de mérito especialmente relevante». A Comissão Fulbright congratula-a por esta distinção tão especial.

Também Salwa El-Shawan Castelo-Branco apresentará a conferência inaugural do colóquio “Preservação, Acesso e Usos: olhares cruzados sobre sons e instrumentos musicais em contexto museológico”, no Museu de Enologia em Lisboa. O evento será já amanhã, dia 9 de outubro, e a entrada é livre. A não perder!

Filipe Duarte Santos, visiting scholar researcher nos departamentos de Física Nuclear da University of North Carolina e da University of Wisconsin, EUA, Professor Catedrático da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, escreveu sobre as representações simbólicas a propósito da evolução cultural dos seres humanos: «Refletir sobre a transformação do valor humano da representação simbólica, desde o cânone primordial das pinturas rupestres dos caçadores-coletores do Paleolítico Superior, passando por variadíssimos estados intermédios, até chegar aos produtos cada vez mais abundantes e diversificados da cultura desenvolvida com a revolução digital, é um desafio.» Um belo desafio!

Catarina Ritter, visiting student researcher na University of Pittsburgh, EUA, e Investigadora do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos nos  Açores,  foi coautora do artigo, “Climate change facilitated the early colonization of the Azores Archipelago during medieval times”, sobre o qual disse: «I’m proud to be part of the brilliant team behind this research. The landscape and environment reveal how the Azorean Archipelago (Portugal) was occupied 700 years earlier than Portuguese arrival, between 700 and 850 CE.». Ficou curioso(a)? A Comissão Fulbright congratula-a, Catarina, pela linha de pesquisa inovadora.

Arlindo Oliveira, doutorado pela University of California-Berkeley, EUA, e Professor Catedrático do Instituto Superior Técnico em Lisboa,  argumentou que a grande variedade de tecnologias em torno da Inteligência Artificial (IA) faz com que por vezes não seja claro o que é e o que não é IA, propondo por conseguinte uma classificação: «Esta proposta de taxonomia não é rígida nem delimita claramente duas áreas completamente distintas, uma vez que existirão sempre aplicações na fronteira, mas pode ajudar a organizar o pensamento sobre este complexo domínio.». Descubra mais!

Ana Bárbara Pedrosa, SUSI student em Civic Activism na Drexel University, EUA, Editora e Tradutora, na sua habitual crónica bem-humorada escreveu sobre a “residência alternada” de um… cão: «“É uma cadelinha” (…) “Mas não se entendem com a cadela?” “Entendemos, entendemos”, insistiu. “Por isso é que a residência alternada funciona bem. Estamos sete dias com ela, mas claro que nos outros sete morremos de saudades. Fazemos uma videochamada antes do jantar, mas não é a mesma coisa. E eu sinto falta dos passeios, do cheiro, dos latidos.”» Aproveite a boa disposição.

Lívia Franco, visiting scholar researcher em Brown University, EUA, Professora e Investigadora Principal do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica, registou os dois atos eleitorais, no último dia 26 de setembro, com impacto para a vida dos portugueses: «de tal forma que é legítimo discutir qual dos dois será mais determinante para o nosso futuro: as autárquicas, em que escolhemos quem irá liderar as nossas cidades e até o bairro em que moramos; ou outras em que não participámos, na aparentemente longínqua Alemanha.». O que lhe parece?

Partilhar: