Procura leitura para o seu fim de semana?

Siga os links e fique a saber o que os(as) Fulbrighters escreveram ou disseram ao longo dos últimos dias:

Joana Bordalo, cofundadora do programa de literacia científica “@ Cientista Regressa à Escola”, escreveu um artigo peer-reviewed sobre como a divulgação de Ciência e dos conceitos científicos é necessária para a redução das desigualdades de acesso ao conhecimento e promoção da igualdade, diversidade e inclusão. Leia um resumo do artigo, aqui. Bravo, Joana, que orgulho!

Isabel Capeloa Gil foi nomeada pelo Papa Francisco para o cargo de Consultora da Congregação para a Educação Católica. A Comissão Fulbright congratula-a por esta distinção. Leia a notícia! 

Ana Luísa Amaral, Maria Eduarda Gonçalves (na imagem) e Salwa Castelo-Branco receberam esta semana a Medalha de Mérito Científico, uma iniciativa instituída pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que reconhece e distingue individualidades pelas suas elevadas qualidades profissionais e de cumprimento do dever, bem como, pelo seu contributo excecional para o desenvolvimento da Ciência ou da cultura científica em Portugal.
A Comissão regozija-se com esta notícia e felicita as três Fulbrighters!

Marta de Sousa Ramos escreveu sobre a falta de uma perspetiva feminista na formulação de políticas públicas recentes, tanto nos EUA como em Portugal. De facto, a luta pelos direitos humanos em geral e das mulheres em particular nunca será um dado adquirido. Leia a opinião.

Luís Lobo-Fernandes defendeu que a estratégia chinesa conhecida como Iniciativa do Cinturão e Rota traduz uma lógica de “perfil expansionista e imperial”. Ficará Portugal, com forte incidência chinesa no sector-chave das infraestruturas elétricas, mais vulnerável? Siga o raciocínio.

Gonçalo Saraiva Matias será um dos oradores da Conferência organizada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, ‘Outra Vez Nunca Mais: Prevenção e Resposta a Pandemias‘, que se realizará já nos próximos dias 26 e 27 de maio, no Teatro Camões em Lisboa. Veja aqui como pode assistir.

Clara Marques apresentará no próximo Congresso de Estudos Rurais na Universidade do Algarve a conferência, “Sistema Oliver Evans de moagem e o uso da água: transformação da paisagem e sociedade rural rumo ao desenvolvimento industrial estadunidense“, fruto do trabalho de pesquisa desenvolvido em John’s Hopkins University, EUA, ao abrigo de uma Bolsa Fulbright para Investigação com o apoio da FLAD. Confira o programa, é já nos próximos dias 26-28 de maio. Parabéns, Clara!

Francisco Pinheiro, com o Coletivo Guarda-Rios, concluiu mais uma caminhada performativa concebida especificamente para o “Ilustração à Vista – Desenhar o Território 2022“, em Ílhavo. O público foi desafiado a atravessar diferentes tipos de ecossistemas ao longo do rio Boco: um areal, um eucaliptal, um sapal, um antigo caminho rural… Siga-o para ficar a saber o que mais aí vem.

Partilhar: