No passado dia 17 de novembro teve lugar, em Lisboa, a 48ª reunião da Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os EUA.

Esta reunião da comissão foi presidida pelo Diretor-Geral de Política Externa, o Embaixador Rui Vinhas, e pelo Principal Deputy Assistant Secretary do Bureau of European and Eurasian Affairs, Dereck J. Hogan. Teve também a presença do Embaixador de Portugal nos EUA, Francisco Duarte Lopes, da Embaixadora dos EUA em Portugal, Randi Charmo Levine, do Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima, do Diretor-Geral da Política de Defesa Nacional, Paulo Lourenço, do Presidente da AICEP, da Coordenadora do Atlantic Centre, e representantes do Ministério do Ambiente e Ação Climática e da Administração do Porto de Sines.

O principal tema de destaque foi a importância das relações bilaterais entre Portugal e os EUA mas, nomeadamente, o momento alto que essas mesmas estão a viver atualmente. No decorrer da reunião da Comissão ficou assente a necessidade de continuar a cultivar estas relações bilaterais, não só nas áreas nas quais já atuam, mas também em novas áreas de interesse que façam sentido para ambos os países, tais como a cooperação atlântica, a energia e a sua ligação ao combate das alterações climáticas, o comércio/investimento e a diplomacia cultural.

A Comissão Fulbright foi, ao lado de parceiros como a FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia e a FLAD – Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, considerada como tendo tido um papel fulcral no reforço de uma cooperação académica e de investigação entre os dois países.

No final da reunião da Comissão Permanente, foi adotada uma Declaração Conjunta que enuncia todos os pontos – 29 – que marcaram este diálogo. Em 2023, a 49ª reunião da Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos da América terá lugar em Washington D.C., nos EUA.

Partilhar: