Fulbrighter, Cláudia Azevedo, lidera a equipa de investigadores do i3S selecionada pela Agência Espacial Europeia para testar a sua própria experiência de hipergravidade. A equipa, ARTEMIS Team, teve como objetivo avaliar o efeito da hipergravidade na permeabilidade do intestino. É um estudo pioneiro, uma vez que o efeito da hipergravidade no epitélio intestinal nunca foi reportado.

A experiência foi levada a cabo no passado mês de setembro, em Noordjwik (Holanda), no European Space Research and Technology Centre, por recurso a uma Centrífuga de Grande Diâmetro capaz de simular a força da gravidade até valores 20 vezes superiores ao que experimentamos na superfície da Terra.

 

(Cláudia a segurar o Earth-loving alien)

 

As atividades da equipa ARTEMIS, a única portuguesa a ser selecionada pela Agência Espacial Europeia, podem ser seguidas no twitter.

Parabéns aos(às) investigadores(as) e, em particular, à Fulbrighter Cláudia Azevedo pelo trabalho de mérito!

Partilhar: